sexta-feira, 24 de junho de 2011

PNEUMONIAS NA INFÂNCIA

Pneumonia  é a infecção no parênquima pulmonar que acomete os alvéolos pulmonares,brônquios e interstícios.

Mecanismos de Defesa 




Fisiopatologia são microorganismos  como bacterias,virus,fungos e protozoários que atingem os alvéolos diminuindo o mecanismo de defesa causando atelectasia, edema, acúmulo de secreção.
Fatores de Risco: aglomeração,baixa cobertura vacinal,baixo peso ao nascer,desnutrição,tabagismo domiciliar , entre outros.
Quadro clínico: febre alta,tosse com expectoração,recusa alimentar,dor abdominal,palidez,gemencia,tiragens,batimento de asa de nariz , entre outros. 
Etiologia:

RN
1 a 3 meses
3 meses a 2 anos
2 a 5 anos
> 5 anos
Gram negativos
Estafilococos
Haemofilus Influenzae
Pneumococo
Mycoplasma
Estreptococos B
Clamydia
Estafilococos
Haemofilus Influenzae
Pneumococo
Enterobacterias
Ureaplasma
Pneumococo
Mycoplasma
Clamydia
 

Alguns tipos de PNEUMONIAS  e seus agentes:

  • Pneumonia Bacteriana
Agentes mais comuns:
    - Streptococcus pneumoniae
    - Staphylococcus aureus
    - Staphylococcus pyogenes
    - Klebsiella pneumoniae
    - Haemophilus Influenzae B
    - Chlamydia trachomatis
Pode acometer Lobos e/ou segmentos;
Pode surgir em consequência da viral;
Mas geralmente é por aspiração da bacteria.

  •  Pneumonia Estafilococica

Staphylococcus aureus;
Comum em casos de internação, desnutrição, imunodeprimidos, após sarampo e traumas.
Ocorre por: aspiração de secreção, inalação, via hematogênica, contiguidade.

QC: febre alta, dispnéia, tosse, gemido, taquipnéia.
QR: lesão brônquica, espessamento pleural, derrame homogênio parcial ou total.
Complicações: Derrame Pleural e Empiema.
 

  • Pneumonia Estreptocócica
Staphylococcus pyogenes;
Comum no recém-nascido.
Associa-se à Faringite

QC: febre alta, calafrios, tosse com expectoração sanguinolenta, estertores creptantes disseminados.
QR: Broncopneumonia, Empiema Pleural, Pneumotórax.
 
Esses são alguns tipos de pneumonias e seus principais agentes.
Tratamento Fisioterapeutico: consiste em melhorar a biomecanica respiratoria,através de algumas técnicas como:
  • Higiene nasal
  • Manobras de  remoção da secreção
  • Vibração
  • Manobras de reexpansão pulmonar
  • entre outros.